terça-feira, 9 de agosto de 2011

Joseph Serra é beneficiado pelo Programa Nacional de Estímulo ao Primeiro Emprego


Texto direto do jornalismo de esgoto - fOlha de S.Paulo:

Sem cargo eletivo, o ex-governador José Serra, derrotado nas eleições presidenciais de 2010, abriu a empresa de consultoria Apecs Consultoria e Assessoria em Gestão Empresarial. Segundo o registro na Junta Comercial, a Apecs faz consultoria em gestão empresarial (exceto consultoria técnica específica); edição de livros; serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas; além de atividades de apoio à educação. A empresa, sediada em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, foi criada com capital social de R$ 10 mil. Serra é o sócio-administrador da Apecs, com participação de R$ 9.900. O economista Gesner Oliveira tem participação minoritária de R$ 100. Oliveira foi presidente da Sabesp de 2007 a 2010, quando Serra era governador de São Paulo. Ele também dirigiu o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) de 1996 a 2000, durante o governo de FHC. O novo sócio de Serra também tem sua própria consultoria, a G.O. Associados. Após perder a eleição, Serra disse que pretendia "ganhar a vida" com aulas e palestras em 2011. Entre maio e julho deste ano, Serra fez palestras para associações como a Federasul (Federação das Associações Comerciais e de Serviços do RS), a Findes (Federação das Indústrias do ES) e a ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing de Santa Catarina). Os assuntos abordados em geral foram reforma política e desenvolvimento econômico. A assessoria do ex-governador não informou se elas foram pagas. Segundo o jornal "O Estado de S. Paulo", que revelou ontem a existência da consultoria, Serra não recebeu cachê pelas palestras na Findes e na ADVB. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também passou a dar palestras em 2011, em geral para grandes empresas. Ele já faturou cerca de R$ 2 milhões, considerando o cachê de R$ 200 mil estimado pelo mercado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário